Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Música Para Sempre... Ao Vivo

por O mar de Espinho, em 22.06.20

Ora quem muito bem me conhece, sabe que o meu grande escape é a música.

Esta, para mim e muitas vezes, é como a válvula da panela de pressão- começo a ouvir uma música e entro noutra realidade onde por exemplo alguma frustração ou um outro qualquer sentimento se desvanece perante a forma, como uma determinada música é interpretada, vocal ou musicalmente.

O video de hoje é exemplo disso- Black dos Pearl Jam. Sobre a frustração/irritação falamos já a seguir na próxima publicação.

Sobre a música, foi gravada em demo ainda antes da banda existir por Stone Gossard (guitarra rítmica)- gravou 5 demos numa cassete, sendo esta conhecida como E Ballad. Esta cassete começou a circular pelo meio da música, na esperança de encontrar um vocalista e um baterista para a futura banda que se viria a chamar Pearl Jam.

Esta cassete foi parar às mãos de Eddie Vedder que grava a voz para 3 demos "Once" "Alive" e "Footsteps" e a devolve a Gossard. Daí a viajar para Seattle de forma a juntar-se à banda (trabalhava numa bomba de gasolina em San Diego) foi um salto. No caminho escreve a letra para E Ballad, que viria a ser renomeada para Black.

Mais tarde é incluída no album de estreia da banda "Ten", assim como "Once" e "Alive".

Neste concerto em 1992, a interpretação de Eddie Vedder que com a sua voz poderosa, murmurando as palavras e como quem entra em transe, a relativa indisciplina de toda a banda que se traduz no gosto com que tocam, aquela bateria que evolui com a música, as nuances de McCready, o baixo de Ament, culminaram nesta apresentação.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:16



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D