Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Noticias parvas do Mundo ... e até de Portugal

por Nunovsky Ops, em 05.07.20

Quando pensamos que já vimos tudo, a realidade faz-nos uma infracção grave por trás merecedora de admoestação com cartolina vermelha... (ah...saudades do prof. Manuel Machado...).

 

Pá, o Hans Christian Andersen nunca me enganou... A discriminação que foi feita aos bacalhaus e ás sardinhas... As nossas crianças nunca mais vão ser as mesmas... (especialmente se os pais se alhearem da educação!

 

Estou mesmo a ver que o Vice-Presidente vai ser o Eminem e o Secretário de Estado da Defesa o Snoop Dog...

 

Tchss, nem sei o que escrever... Vai ter de ser limpinho, limpinho...

 

Como diria o Jack Pallance: "Believe it or not"...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:30

O que o vírus NÃO nos deu

por Nunovsky Ops, em 10.06.20

Há uns dias atrás, neste mesmo espaço, fiz uma reflexão sobre tudo aquilo que esta pandemia nos trouxe, a faculdade que podermos olhar e de podermos observar cuidadosamente tudo aquilo que nos rodeia fazendo uma análise critica, mas sempre subjectiva,  dos mesmos.

Os últimos dias trouxeram-nos algumas histórias (e estórias) que me levaram a querer escrever alguns lamentos quase inquisitórios ao vírus (se ele me estiver a ler que se digne a refutar...).

Sim, foram feitas promessas pelo Sr. Covid-19 que não estão a ser cumpridas e, como tal, as expectativas estão a sair defraudadas...

Foi-nos prometido que com a presença do Sr. tudo ia mudar, as pessoas iam mudar, Portugal ia mudar, o mundo ia mudar. E paro por aqui, no mundo, porque no espaço as coisas mudaram. A PPP que levou mais uns astronautas para o espaço resultou e as coisas fora da Terra vão ser diferentes. 

Mas o espaço é longe e caro e por isso estávamos todos a contar que o Sr. Covid-19 cumprisse aquilo que prometeu.

Disseram-nos que as pessoas iam dar mais valor ao essencial, ao humanismo, aos afectos, às relações sociais e ao património... E o que verificamos é que continua a ser mais importante a #hashtag, o "estar" e ser visto, o eu e não o nós, as indignações momentâneas e de circunstancia...

Disseram-nos que Portugal ia mudar e, assim, teríamos um jornalismo independente, imparcial e escrutinador e não uns meros papagaios e caixas de ressonâncias das redes sociais ; teríamos Estadistas que pensariam o país de forma integrada, com estratégias consensuais para uma década independentes de ideologias e não políticos que pensam nas próximas eleições e nos tachos para os boys e na polarização da extrema esquerda e da extrema direita (uma alimenta a outra...).

O Sr. Covid-19 prometeu que teríamos respeito pelas profissões que o senhor trouxe para a ribalta como os profissionais da saúde, do ensino, das forças de segurança, da logística, etc. com sessões de palminhas às 22:00 e o que verificamos são insultos, agressões físicas e desconsiderações e o frio esquecimento ingrato.

Por algum tempo o Sr. iludiu-nos com a quimera de que estávamos todos no mesmo barco, na onda democrática da pandemia mas o que temos é um aumento das desigualdades, o aumento da mortalidade não-Covid e o aumento da intolerância.

Até no futebol o Sr. deu-nos a ilusão de uma união e reflexão sincera e o que temos é um "mais do mesmo", de grunhisse, de violência e de afastamento gradual dos mais sensatos.

No mundo, o Sr. Covid-19 teve a oportunidade de arrumar uns Bolsonaros, Trumps, Putins e Jong-uns da face da Terra e a única coisa que fez foi pôr em sentido o Boris. Teve também a oportunidade de fazer com que a morte de uma pessoa (seja em que circunstancia) fosse encarada sempre como uma tragédia independentemente da sua cor ou género...

Mas o que mais me chateia é que o Sr. não conseguiu fazer ver ao mundo é que só através da educação se pode ser melhor, ter espírito critico, votar, ser mais tolerante e ter melhores condições de vida. 

No fundo, e em jeito de conclusão, o Sr. Covid-19 prometeu muito e não cumpriu. É apenas mais um político da nossa praça...   

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


subscrever feeds




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D