Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Efectivamente

por Nunovsky Ops, em 04.05.20

Um destes dias, estava a tomar um duche e apercebi-me que o Rui Reninho é o Nostradamus do nosso tempo (não no sentido catastrófico das profecias mas no da previsão).

O facto de estar no duche a pensar no Reininho e não em outras coisas como por exemplo pessoas a estender roupa em estendais ou outras coisas, revela o estado em que já me encontro e que o vírus está a começar a atacar a sanidade mental (se é que ela alguma vez existiu)...

Mas como referia, no duche comecei a trautear a musica "Efectivamente" e percebi que aquele tipo meio aluado, meio esgazeado e ganzado que tem por função ser vocalista dos GNR é um génio do adivinhanço. Podia fazer fortunas a escrever aquelas previsões astrológicas que a Mélinha gosta tanto e que diz que são certeiras para ela e para os 60 milhões de chineses e 53 milhões de indianos que leêm aquilo...

Querem acompanhar-me na análise? Então vamos lá:

Adoro o campo, as árvores e as flores
Jarros e perpétuos amores
Que fiquem perto da esplanada de um bar
Pássaros estúpidos a esvoaçar

O tipo aqui anteviu a moda da ecologia e hortas urbanas que a partir de 2016 eclodiu em Portugal. Todos passaram a ter as suas ervas aromáticas, a plantarem as alfaces na varanda e a adorar as plantinhas ornamentais, e o campo... Mas ir apanhar azeitona, fazer vindimas, cavar batatas e andar de sachola na mão de sol a sol.... Ui, é melhor estar na esplanada a verbalizar os ideais da Greta com um gin no sunset...

 
Adoro as pulgas dos cães
Todos os bichos do mato
O riso das crianças dos outros
Cágados de pernas pr'ó ar

É preciso comentar?? O gajo é um génio... Os cãezinhos mais as suas merdinhas... Ai meu Deus que está abandonado, mais os ESAN's (emotional supporting animals...), e os nomes, e a comida... E os bebés são tão giros mas dão um trabalho do caraças e choram e estão sempre a querer atenção... e choram e cag... Mas são tão queridos...


Efectivamente escuto as conversas
Importantes ou ambíguas
Aparentemente sem moralizar

Mais uma vez o Reininho (certamente depois de duas Monte Velho) previu o voyeurismo a que a nossa sociedade se viciou. O boom dos BB, mais os Facebooks onde se posta o estado e as estadas, os blogs onde se expõe os pensamentos mais obtusos (check) e tudo isto sob a capa do politicamente correto, às vezes e aparentemente...

 
Adoro as pêgas e os pedrastas que passam
Finjo nem reparar
Na atitude tão clara e tão óbvia
De quem anda a enganar

Aqui é que o gajo se enganou, mas também não se pode acertar em tudo, não é? E também não podia ter aquela atitude presunçosa de conseguir o pleno... E também temos de ter em conta que o gajo não usou a técnica do cliché ...

Adoro esses ratos de esgoto
Que disfarçam ao pilar
Como se fossem mafiosos convictos
Habituados a controlar

Aqui, Rui Reninho, dá uma de Eça e faz uma alusão ao nível de corrupção dos nossos políticos em especial ao Sr Pinto de Sousa habituado a controlar isto de forma tentacular...

Efectivamente gosto de aparência
Imponente ou inequívoca
Aparentemente sem moralizar

Mais uma vez genial... O tipo previu o culto do corpo e do "eu" que vigora desde há uns tempos... É o jogging, o cicling, o running, o footing, o ténis, o solário, o ginásio, as unhas com gel ou betume ou silicone ou lá o que é... Apenas mostrar o equipamento topo de gama e a roupa de marca... Aparecer e ser visto.... O gajo é um génio...


Efectivamente gosto de aparência
Aparentemente sem moralizar
Aparentemente escuto as conversas
Efectivamente sem moralizar
Efectivamente sem moralizar
Aparentemente sem moralizar
Efectivamente

E acaba isto passeando a sua sabedoria relativa à crise de valores éticos e morais que vivemos e que ignoramos estrategicamente...

O gajo é um génio... ou então teve sorte... ou então fumou coisas que fazem rir... ou então não.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:40



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes





Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D