Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Reciclagem

por Dafrog, em 02.06.20

Às vezes sinto-me um Darwin. Com esta coisa do lay-off  passo horas na varanda a ver quem passa e quem faz os quê (vá lá chamem-me voyeur).

Vejo coisas dos meus vizinhos que me impossibilitam de aqui reproduzir na íntegra e na plenitude das minhas funções de ser humano. E depois lembro-me que sou como eles e, quando vou à rua, também sou observado. É o que dá morar na terra das gajas boas...

Mas o que me leva hoje  escrever este texto corrosivo é a reciclagem.

Tenho de admitir, com razão (a minha) que não reciclo. Vá lá chamem-me o que vos apetecer pois já trabalhei no atendimento ao público e já fui chamado de tudo o que vos passar por essas cabecinhas. E não reciclo por  uma simples razão: já viram a vossa conta da água?

Durante anos tive três saquinhos na marquise das três cores dos contentores: azul, amarelo e verde. Religiosamente dividia o meu lixo nos três saquinhos e, todos os dias, colocava os mesmos nos distintos contentores existentes na minha rua. Certo dia, após uma análise mais cuidada da factura da água, cobrada por uma empresa chinesa, verifiquei que andava a pagar para trabalhar. Decidi no momento, e a Greta que me desculpe (também se não desculpar que vá para aquele sítio que aqui no Norte gostamos muito de mandar os nosso amigos), deixar de reciclar.

Eis que após anos de mestrado de reciclagem aqui chego. Vejo vizinhos e principalmente vizinhas (sim as senhoras têm um problema com as cores e com o virar à direita e à esquerda) reciclar de forma errónea. Elas e eles é pacotes de leite e garrafões de água no azul (e cheia(o)s de orgulho depois de o fazerem), garrafas de vidro no amarelo e por aí fora...

Mas o que mais me irrita, mesmo muito, é ver pessoas que tendo os contentores de cores vazios, para não estarem com trabalho de desfazerem, por exemplo, uma caixa de cartão, preferem deixá-la no chão! Era quem lhes atirasse com um camião do lixo carregadinho de cocó para cima e em seguida fizesse marcha atrás e depois outra vez para a frente e depois marcha atrás...e por aí fora.

Querem ser modernos e reciclar para poupar dinheiro e trabalho a quem já vos rouba todos os meses? Façam como eu, metam o lixo no lixo carago!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:02



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts recentes





Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D