Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



"Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância"

por Nunovsky Ops, em 09.04.21

Era incontornável escrever sobre o assunto do momento...

O titulo é tão somente uma frase atribuída a Sócrates (o original) e assenta como uma luva...

Fazendo um resumo descomplicado desta tarde lido nas redes sociais temos então:

  1. Se existe uma acusação, esta não é considerada válida;
  2. Se por um acaso é válida concluiu-se que não existem provas;
  3. Se há provas afere-se que estas foram obtidas de forma imprópria;
  4. Se foram obtidas legalmente então não são em numero suficiente;
  5. Se as provas são abundantes então o crime prescreveu.

 

Volto ao original grego: "Só sei que nada sei"... 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:12


1 comentário

De Anónimo a 13.04.2021 às 20:47

Suscinto!

Comentar post




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D