Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O trabalho e o poder

por Nunovsky Ops, em 24.02.21

O livro "O Príncipe" de Nicolau Maquiavel é uma obra notável e incontornável da Ciência Política. Foi com 20/21 anos que a li, não por me interessar na altura por política mas para perceber o porquê da expressão "maquiavélico/a"...

O objectivo d"O Príncipe" é analisar a essência dos governos. Maquiavel , nesta obra, disserta sobre as maneiras de se conquistar, conservar ou perder o poder político: pelo talento ou virtuosismo, pela sorte, pelo consentimento dos pares e pelo meio da perversidade, isto fazendo uma síntese muito resumida da obra...

No mundo laboral, publico ou privado, seria de esperar que a conquista do poder ou de cargos executivos fosse conseguido através do virtuosismo, do talento e do valor acrescentado à função pelo "príncipe".

Se em muitas empresas privadas esta é uma prática corrente, habitual e obrigatória (todas visam a eficiência e o lucro) no Estado, ou no seu sector empresarial, a prática corrente é a conquista do poder pela perversidade.

Esta conquista pode ser, na óptica de Maquiavel, feita sob a forma de crueldades boas (como a substituição total de uma equipa) praticadas de uma só vez, ou sob a forma de crueldades más praticadas aos poucos, aumentando assim o desagrado face ao  executante. 

Infelizmente nas empresas estatizadas esta escola faz o seu caminho. Afastam-se os mais capazes e mais competentes para que não produzam sombra aos iluminados, arranjando sempre as desculpas e justificações mais mirabolantes... 

Depois queremos produtividade ao nível dos alemães...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:15


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


subscrever feeds




Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D