Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Burros do caralho

por Dafrog, em 22.03.21

Vale a pena fazer um preâmbulo, para as mentes mais coninhas, do que é um caralho (ide ao dicionário que não me apetece explicar que é um cesto na parte mais alta de um antigo navio que servia unicamente para perscurtar o horizonte). Feita esta pequena introdução, vamos ao que interessa.

E não é que, no passado sábado, cerca de 3000 alminhas desfilaram por Lisboa "contra a gestão da pandemia e por uma maior liberdade individual"? E pelos vistos passou-se o mesmo em várias cidades do resto da Europa. Nada contra, afinal um burro pode ser um burro onde quiser, seja no Parque Eduardo VII ou na Praça Nezavisimost... 

Mas os nossos são especiais. Eles pediram liberdade (assim como todos aqueles que estão nas unidades de UCI da camas de hospitais por esse mundo fora), são contra a vacina (a grande maioria deles só chegou à bela idade que aparenta, nas fotos que se seguem, pois tinham paizinhos conscientes e que lhes espetaram a agulha), culpam as televisões de desinformação (talvez a única coisa de jeito dita pelos "manifestantes"), muitos acusaram o Xor Costa e o Avô Marcelo de serem iguais a Hitler e Göring e como tal serem julgados em Nuremberga (sem saberem que o Tribunal Penal Internacional fica situado em Haia na Holanda desde 2002), promoviam a paz e o amor com frases retiradas de um qualquer livro de Pedro Chagas Freitas ("a verdade liberta-te" e "o amor e a verdade vencerão" e ainda "olhos nos olhos").

Houve até quem quisesse matar a nossa língua com frases como "o vírus são os media", "não ao pasaporte da vacinação" e ainda "o que o desmatamento tem a ver com novas pandemias"...

Vi também um desgraçado, estudante de Direito creio eu, que perdeu a constituição e foi para ali com um cartaz à procura da mesma. Esta, talvez por vergonha do humano em causa, manteve-se quietinha no seu lugar. 

A única "manifestante" pela qual contraí alguma simpatia foi a senhora que quer acabar com os festejos de Carnaval em Ovar (as minhas desculpas à querida Bélinha que festeja o Carnaval como ninguém).

É por estas e por outras que os nossos burros estão mais acima do que os outros...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:26


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


subscrever feeds




Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D