Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Floresta Negra

por Nunovsky Ops, em 18.06.21

Já não escrevia aqui há algum tempo...

Andava demasiadamente ácido para pôr a alma na escrita... Acontecimentos recentes centraram o foco no essencial: a vida.

Assim, não vou escrever sobre a espuma dos nossos dias: da bolha em que a nossa elite vive, do ministro Cabrita, do Lisboagate ou do famigerado vírus...

Há quatro anos atrás vivemos uma das páginas mais negras da nossa história recente... Em pleno séc. XXI, um violento incêndio em Pedrogão Grande provocou a morte a 66 pessoas, destruiu cerca de 500 casas e 50 empresas. 

47 vitimas mortais foram numa estrada municipal, cercadas pelas chamas...

O presidente do Observatório dos Incêndios Florestais diz que a floresta volta a estar em condições par, numa conjugação ideal de fenómenos atmosféricos extremos, repetirmos o passado trágico. Não surpreende. 

Tivemos a oportunidade (os incêndios e as suas consequências) e o tempo para começar uma verdadeira reordenação da nossa floresta mas, na prática, nada de relevante foi feito. Quem o diz é o Tribunal de Contas num relatório recente.
 
As únicas medidas tomadas foram tornar obrigatório a limpeza dos terrenos pelos proprietários (obrigação que a cada ano que passa se dilui, até pelo custo e pelo não retorno dessa actividade, já que os custos são altos e não há quem compre os materiais para biomassa) e permitir que se replantasse ou deixasse crescer eucaliptos nos terrenos que já os tinham.
 
Ou seja, duas decisões que na prática valem muito pouco...

Existe sempre a possibilidade de, à semelhança de alguns governantes e políticos, apelar a um ser supremo que nos poupe às conjugações diabólicas, que diminua o calor e que mande chuva regularmente...

Nestes dias as preces têm resultado...

Mas sabendo que água (chuva) e calor (sol) são elementos essenciais para um grande desenvolvimento dos materiais consumíveis da floresta, não me parece que estejamos seguros de que um qualquer Outubro laranja não apareça de novo.
 
Esta realidade poderia ser atenuada pela capacidade de assunção de responsabilidades por parte de quem manda... Mas a culpa será sempre dos outros que não limparam ou que não souberam lidar com a situação...
 
O Estado deveria ter mais respeito pelos seus.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:38

Ainda falam dos nossos nomes pimba...

por Mélinha, em 13.06.21

Há muito que falam e gozam com os nossos nomes, que os apelidam de pimbas ou de bairro, de pobre🤪. Os nomes, acabam sempre por definir a pessoas. Se te chamas só Diana, é bonito mas se o misturas... Pimba - Diana Vanessa. Se te chamas Cátia é exótico, mas se te chamas Cátia Vanessa, pimba, já és gozada. Às vezes as pessoas são tão atormentadas que cabam por mudar o nome 😞. Pois bem. Hoje estava eu a ler a revista do JN e fui informada do nascimento da bisneta da rainha de Inglaterra. Caros, eu ri, eu até o chamei alto, desatamo-nos a rir.... Sim ela tem um nome digno de pimba, Lilibeth Diana 🤪😂. Eu sei, é em honra da avó e bisavó. 😳 Sim, mas chamem-na na rua, e alto de preferência... 😁 Perdoem-me, mas não aguentei. Até que comecei a olhar todos os nome dos netos e bisnetos da rainha..... Vira o disco e toca o mesmo 😇... Viva a rainha!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:38

Um ano se passou e o Algarve não mudou....

por Mélinha, em 09.06.21

IMG_20210609_090347 (1).jpg</p Tem praticamente 1 ano que ele, o Boris, nos fez isto.... E voltou a fazer... E vamos continuar a acreditar nele, neles?! Acho que o Algarve deveria acreditar mais nos portugueses. Para isso, os preços têm de ser à medida das nossas bolsas. Dizem que os ingleses são os melhores clientes, comem bebem... Gastam mais. Nós não temos a bolsa, os bolsos dos ingleses, mas somos portugueses e adoramos o nosso país, as nossas gentes. Apostem nos portugueses. Acreditem nos portugueses. São os portugueses que fazem o melhor de Portugal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:08



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


subscrever feeds




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D